Jesus nos deu autoridade

 

amados sempre que posto aqui estudo antes para não falar nem uma vírgula se quer a mais da palavra de Deus , então estudando sobre idolatria , autoridade , encontrei esse texto que afinal é bem grande mais ele fala tudo que você precisa saber sobre ” autoridade ” , pois acredite você pode sim , e você tem sim autoridade !

então vai em frente ! você pode até dizer mais arenaly é muito grande esse poste , mais eu te digo : você acha que Deus vai fazer coisas pequenas em sua vida ? NÃO queridos , então anda-te e ver o que Deus quer falar ao seu coração hoje :*

TEXTO: Gênesis 1:26 “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.”

Hoje vamos compartilhar sobre a restauração da autoridade do cristão. Eu creio, meu amado, que isto é uma necessidade imperiosíssima. Precisamos conhecer a Palavra de Deus para podermos praticá-la e vivenciá-la.

Eu tenho uma Palavra muito importante de Deus para ti: tu tens toda autoridade divina. Dize: ‘Eu tenho autoridade divina.’

A idéia que a tradição evangélica tem é que somente o pastor da igreja tem autoridade divina. A tradição da “lei” diz que somente os Ministérios e os ministros têm a unção de Deus. Mas, isso não é verdade. A unção de Deus está na vida de todo o povo do Senhor. A unção permanece, não sai.

Deus delegou autoridade ao Seu povo, para que ele pudesse fazer a Sua obra completa aqui nesta terra. Vamos estudar isto com profundidade, porque quando Deus criou o homem, o criou para que tivesse domínio e autoridade sobre tudo. Vê, nós acabamos de ler emGênesis 1:26: “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio…”.

Deus, quando criou o homem, não o criou para morrer, não o criou para ser enfermo, não o criou para que fosse doente e maldito, não! Deus criou o homem para que ele tivesse domínio e autoridade.

Após a criação, Satanás tentou Adão e Eva para que eles questionassem e duvidassem de Deus, o que os levou a perderem toda autoridade que o Senhor lhes conferiu. Como conseqüência, o pecado, a doença, as enfermidades, os tormentos, a morte, o desespero e o desajuste entraram na vida do ser humano.

A Bíblia diz que Jesus se fez maldição em nosso lugar, resgatando-nos da “lei” da morte. Logo, Ele veio resgatar e trazer de volta a autoridade que havíamos perdido por causa do pecado de Adão e Eva. Assim, a autoridade de Deus está de novo na nossa vida. O primeiro Adão nos roubou a autoridade, o segundo Adão a reconquistou e a trouxe de volta para nós.

O Senhor Jesus Cristo delegou esta autoridade na vida de todos aqueles que crêem nEle, na vida de todos aqueles que são Seus, que renasceram da semente incorruptível, que O confessaram como Único Senhor das suas vidas. Todos aqueles que são chamados de cristão têm autoridade.

Talvez tu me perguntes: ‘O que significa ter autoridade na minha vida?’ Significa, por exemplo, que as tuas orações têm a autoridade de Deus, que a tua vida está debaixo da autoridade e se move em autoridade divina, que a atmosfera em que tu vives tem poder e autoridade.

Quando o cristão crê nisto, não permite, por causa do exercício da autoridade de Deus, qualquer interferência do mal, qualquer interferência do diabo na sua vida.

A autoridade que Jesus Cristo reconquistou e nos trouxe de volta faz com que tenhamos a capacidade de resistir no dia mal. Faz com que fiquemos firmes diante de situações difíceis. Faz com que comecemos a exercer domínio quando o inimigo nos tenta.

Quando tu tens a autoridade do cristão manifestada, deixas de ter medo de viver e de enfrentar situações más. Tu não foges de nenhuma luta; passas a encarar a vida de frente. Torna-te uma pessoa corajosa, determinada e perseverante. Tudo isto é fruto da autoridade de Deus nas nossas vidas.

Para muitos isto pode parecer um exagero, mas eu queria te dizer que tudo que eu te vou ensinar tem bases bíblicas, são princípios revelados na Palavra de Deus, cujo direito é nosso, logo, o que eu te ensino é absolutamente verdade.

Vamos voltar a Gênesis 1:26, porque é onde tudo começa. O Senhor disse: “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança…”.

Ora, se Deus ao criar o homem à Sua imagem e semelhança já lhe deu a prerrogativa de ter domínio, tu deves crer que alguém que tenha domínio, poder e autoridade não pode ser, em hipótese alguma, uma pessoa derrotada, nem fracassada, nem pode andar com a cabeça baixa. Estou certo ou não? Isto faz sentido? Então, dize: ‘Faz sentido!’

O que quer dizer “domínio”? “Domínio” significa “autoridade, poder, força, ter o direito dado por Deus de viver por cabeça”; tudo baseado na Sua Palavra, nas Suas ordens, nas Suas declarações, nas Suas proclamações, nas Suas diretivas, nas Suas direções e nos Seus desígnios.

Como é exercida a autoridade do cristão? A autoridade do cristão é liberada pela confissão. Por isso que quando Deus disse na Sua Criação: “haja luz”… vê, por favor, Gênesis 1:3: “Disse Deus: Haja luz; e houve luz”.

Como Deus exerceu a Sua autoridade? Falando, confessando, dizendo. Depois Ele continua nos versículo 6-7: “E disse Deus: Haja firmamento no meio das águas e separação entre águas e águas. Fez, pois, Deus o firmamento e separação…”.Deus precisou dizer, falar, para que o Seu poder se manifestasse.

Entendemos que aquilo que cremos, que confessamos, que declaramos e proclamamos se manifesta por causa da autoridade de Deus que está em nós.

Paulo explicou isto em II Coríntios 4:13. Olha o que ele disse: “Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri; por isso, é que falei. Também nós cremos; por isso, também falamos.”

Vamos aprender um fato importante: no Antigo Testamento, quem exercia a autoridade eram os profetas, os juízes, os reis e os sacerdotes. No Novo Pacto, nós fomos constituídos reino e sacerdotes. Então, temos a prerrogativa de Deus, que é o exercício da autoridade espiritual. E o exercício da autoridade divina é feito através da boca. Enquanto no Antigo Testamento o povo fazia as coisas de Deus trabalhando, suando, empregando esforços humanos, no Novo Pacto, que é um Pacto de boca, aquilo que eu creio, eu falo. Esta é a chave de uma vida vitoriosa.

Eu te quero ensinar a Verdade porque isto é restauração de valores. A igreja tradicional não crê nisto. Tanto é verdade que, qualquer pessoa que tenha um problema toma como primeira atitude pedir que alguém ore por ela. Criou-se a idéia de que só quem tem autoridade é o pastor da igreja, ou quem é ministro credenciado por ele. Na realidade, a Bíblia diz que nós somos ministros da Nova Aliança, somos despenseiros dos Mistérios de Deus, logo, se Cristo resgatou a autoridade que ele havia dado a Adão e Eva no princípio, e nos concedeu, é para que nós a exerçamos pelo uso da boca, através da nossa confissão de fé. Esta é a chave de um vida vitoriosa.

Quando tu estiveres diante de uma situação durante a semana, não deves esperar o domingo para que o pastor ore por ti. Tu mesmo podes orar. Tens autoridade de Deus para isto. Tens que exercê-la, usando a confissão da Palavra, crendo que és uma pessoa salva, temente a Deus, credenciada por Deus. Então, se estiveres diante de uma doença, não deves esperar o domingo para ir à igreja pedir a cura. Deves dizer: ‘Doença, tu és uma mentira! A Verdade é a Bíblia, que diz que pelas chagas de Cristo fui sarado.’ Tu podes exercer a autoridade que o Senhor te outorgou, dizendo: ‘Em nome de Jesus, eu me declaro curado, eu declaro o meu filho curado, eu declaro o meu marido curado, eu mando uma palavra para o hospital…’ Isto é o exercício da autoridade do cristão!

Vivemos num mundo cheio de tribulações, numa sociedade cheia de preocupações. As notícias negativas estão aí todos os dias, há sempre uma iminência de desemprego, de crise, de alta de inflação… Se tu te deixas envolver pelo presente século, enlouqueces. A Bíblia diz para não nos conformarmos com o presente século.

É muito importante que eu te ensine isto e te lembre de uma coisa igualmente muito importante: Adão e Eva receberam a Palavra de Deus: ‘Come de tudo, menos desta árvore.’ Satanás veio e também deu uma palavra: ‘Podes comer desta árvore.’ Eva disse: ‘Não, Deus disse para não comer!’ Satanás disse: ‘Podes comer.’ ‘Mas, se eu comer, vou morrer!’ disse Eva. ‘Não vais morrer nada’, disse Satanás! Então, entre as duas palavras, apesar de Adão e Eva servirem a Deus, eles se curvaram perante o diabo, aceitaram a proposta do diabo. Foram contra Deus, chamaram-nO de mentiroso, pecaram e, em conseqüência disto, morreram. Porque eles se renderam à “autoridade” da palavra do diabo, perderam a autoridade dada por Deus. Jesus disse em João 10:10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Qual é a natureza do inimigo? Ele é um ladrão mentiroso, essa é a sua natureza. Ele não muda, não acredita na Verdade, não serve à Verdade, porque é da perdição, é o diabo, é confusão, é o adversário. Por isso a nossa natureza carnal é mentirosa. O diabo roubou a autoridade de Adão e Eva e de todas as gerações seguintes. Vê o que ele faz, em II Coríntios 4:4, Paulo explica isto muito bem. Diz assim: “nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.”

O que Satanás faz? Cega as pessoas!

Em Efésios 2:2, o Senhor diz assim: “nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência.”

Além de cegar o entendimento, a Bíblia diz que o diabo é o príncipe da potestade do ar que atua nos filhos da desobediência. Ele é o pai da mentira, assassino, destruidor, imoral, ilegal… Jesus diz em João 14:30: “Já não falarei muito convosco, porque aí vem o príncipe do mundo; e ele nada tem em mim.”

Vê como o Apóstolo Paulo descreve a origem da perda da autoridade cristã. Romanos 5:12 “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.”

Em Romanos 3:23: “pois todos pecaram e carecem da glória de Deus.”

Não existe ninguém sobre a terra que seja justo antes de ter Jesus Cristo como Senhor. Não há um justo, não há quem busque, não há um sequer, diz a Palavra do Senhor. Todos pecaram. Olha o que diz oSalmo 51:5: “Eu nasci na iniqüidade, e em pecado me concebeu minha mãe.” Nascemos já com essa semente que vem do pecado original de Adão e Eva.

Amado, é importante eu te dizer três coisas: Primeira, o pecado abre a porta para o diabo. Segunda, o pecado dá autoridade a Satanás. Terceira, o pecado abre a porta para a morte, para o roubo, para a destruição, para a perversão, para a morte, para os ataquesQuando uma pessoa está em pecado, na realidade, ela está aberta para todo tipo de mal.

Satanás, quando quer induzir o pecado na vida das pessoas, ele não age de qualquer forma. Existe um tipo de sabedoria maligna. Olha o que disse Tiago 3:14-16: “Se, pelo contrário, tendes em vosso coração inveja amargurada e sentimento faccioso, nem vos glorieis disso, nem mintais contra a verdade. Esta não é a sabedoria que desce lá do alto; antes, é terrena, animal e demoníaca. Pois, onde há inveja e sentimento faccioso, aí há confusão e toda espécie de coisas ruins.”

Onde está a “sabedoria” de satanás? Na confusão e em toda espécie de coisas ruins. Isso é herança do pecado de Adão e Eva.

Ora, estou te mostrando a origem de tudo isso. Mas, agora, eu quero dizer que nós vivemos num Novo Pacto de melhores e superiores promessas, que nós, por Cristo, reconquistamos toda a autoridade. Não aceitamos mais qualquer mentira de Satanás; ele é mentiroso. Conhecemos a Verdade e sabemos que a autoridade de Deus é uma arma na nossa vida.

Eu quero te mostrar que a reconquista da autoridade divina, através de Jesus, nos trouxe muitas coisas boas.

 

Primeiro lugartirou-nos da perdiçãoLucas 19:10 “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido.”

Segundo lugarJesus trouxe de volta a autoridade que havíamos perdidoAtos 1:8 “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas…”.

Terceiro lugarJesus Cristo trouxe de volta a liberdade e o poder que estavam perdidosGálatas 5:1 “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou…”.

A pessoa nascida de Deus é livre! Tu não tens mais compromisso com o mundo, nem com a idolatria, nem com o diabo, nem com as mentiras desta terra. Tu agora és livre! Deves seguir aquilo que a Bíblia diz, podes crer, criar raízes, não deves mais dar ouvidos aos espíritos enganadores, aos ensinos de demônios. Foi para a liberdade que Cristo te libertou.

Quarto lugarJesus resgatou a Justiça para a nossa vidaRomanos 9:30 “Que diremos, pois? Que os gentios, que não buscavam a justificação, vieram a alcançá-la, todavia, a que decorre da fé.”

Quinto lugarJesus Cristo trouxe vida em abundânciaJoão 10:10 “…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Às vezes, ponho-me a pensar nos tantos anos em que eu vivi na igreja romana. Estava morto, era adorador de Judas Tadeu, de Fátima, quando a Bíblia diz que quem adora um ídolo ou quem faz um ídolo torna-se igual a ele: morto! Não tinha vida. Não havia brilho na minha vida. Havia uma fome e um desejo de Deus, mas, eu entrava vazio, saia vazio. Entrava sem vida, voltava sem vida. O que é a vida afinal? Vida está na Palavra de Deus. A vida está em Jesus Cristo. A vida está no Evangelho. O Evangelho é o poder de Deus para a salvação. Não adianta tentar buscar em outro caminho, porque não existe. Só existe um Caminho, uma Verdade e uma Vida, Jesus.

Sexto lugarJesus trouxe vitória à nossa vidaI Coríntios 15:57“Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo.”

Ora, temos que saber que a autoridade do cristão nos dá vitória.

Quando se fala em vitória, quando se fala em triunfo, quando se fala em sucesso, a maioria do povo de Deus sente medo, porque acha que são palavras pouco espirituais, com pouca reverência…

A Bíblia diz no Salmo 1:1-3: “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido”. Dize: ‘Eu sou bem-sucedido, não aceito insucessos!’

O Senhor nos trouxe a vitória. Se ele nos trouxe a vitória significa que antes de sermos vitoriosos éramos derrotados, fracassados! O inimigo manchou a nossa honra, a nossa dignidade. Ele nos enganava, andávamos por caminhos escuros e escusos, servíamos ao príncipe das potestades do ar. Mas, Jesus nos trouxe a vitória sobre tudo.

Irmão, tu não precisas fazer uma regressão ao útero materno, não precisas voltar a arranhar as tuas feridas do passado. A Bíblia diz que quem está em Cristo é nova criatura. As coisas velhas já passaram. Tudo se fez novo!

A idéia de que é preciso voltar ao ventre da mãe e fazer o retorno ao passado não têm nada de bíblico! Nós não temos passado! Graças a Deus, o nosso passado está “enterrado no fundo do mar”, esquecido por Deus. Somos novas criaturas. Dize: ‘Eu sou nova criatura, tudo se fez novo!’

Sétimo lugar: Jesus trouxe de volta a Sua glóriaRomanos 9:23 “a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que para glória preparou de antemão.”

Deus, quando criou o teu espírito, o criou para a Sua glória, para a manifestação da Sua vitória, para seres cabeça nesta terra.O Senhor não te preparou para a vergonha, para a perda, para a miséria, para não teres como pagar a tua casa, o teu carro, para não teres dinheiro e não conseguir pagar a conta de luz, ou os estudos dos teus filhos…Deus te fez para a Sua glória! Dize: ‘A autoridade de Deus me resgatou a Sua glória.’

Em João 8:30-32, há as Palavras mais fortes que eu conheço. “Ditas estas coisas, muitos creram nele. Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

No dia em que os meus olhos se abriram, no dia em que eu compreendi que não era o rosário, que Maria não era mãe de Deus, que purgatório não existe, e tantas outras coisas não estão de acordo com a Bíblia, meu Deus, eu percebi que era, na realidade, um supersticioso: tinha medo de sexta-feira 13, de gato preto, de passar na porta do cemitério etc. Eu percebi que era um escravo, supersticioso, com medo de Deus, com medo do inferno, com medo do diabo… Quando a Verdade entrou na minha vida, ela me libertou.

Diz a Palavra do Senhor no versículo 36: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.”

A libertação não pode ser com demônio, com espírito maligno… Isso é prisão, morte, domínio da pata de Satanás.

Não pode mais existir “esse negócio” de não conseguir resistir ao cigarro, à bebida, às mulheres, aos homens… Não pode existir isso! Uma pessoa que tem Jesus Cristo é livre. Uma pessoa que tem Jesus não é mais escravo da idolatria, nem da prostituição, nem da bebida, nem do cigarro, nem de nada que escravize nesse mundo. Além disso, não tem medo de nada, encara a vida, levanta a cabeça, ergue os braços, enfrenta as tempestades e vence! Dize: ‘Eu sou verdadeiramente livre!’

Quando tu aprendes a verdade que a autoridade de Deus está na tua vida, isto traz estabilidade, equilíbrio na vida, força para viver, sintonia com Deus.

A autoridade de Deus é para todo cristão, independentemente da sua cor, raça, educação, origem ou conta bancária. Jesus Cristo trouxe de volta a Verdade à nossa vida. Ele trouxe de volta aquilo que o inimigo nos tinha roubado.

I João 5:18 “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.” O maligno não toca, o maligno está impedido de nos tocar.

Hebreus 2:14 “Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo.”

A palavra “destruir” vem do grego “KATARGEO”: “impedido de entrar, impedido de operar, está debaixo dos nossos pés”.

Agora, eu te vou dizer uma coisa que te vai chocar. Segura, “amarra o cinto de segurança” que nós vamos “decolar”. Amado, tu não sabias, mas eu te vou dizer: tu tens na tua vida um “super” poder. Tu és um “super” crente, irmão. Tu tens a imagem e a semelhança de Deus. Mesmo que o mundo não creia nisto, nós cremos.

Sabes o que a Bíblia diz? Contra nós não vale encantamento! Nós temos autoridade porque estamos em Aliança com Deus, somos um espírito com o Senhor. Por isso, em II Coríntios 2:14, o Senhor diz: “Graças, porém, a Deus, que, em Cristo sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento.”

Quem sabe as coisas de Deus, quem conhece os Mistérios de Deus, quem é conduzido sempre em triunfo, exala este perfume de Cristo.

A maioria dos crentes não crê na Bíblia. Crê nas tradições, na doutrina dos cabelos, nos demônios, no encosto, menos na Bíblia.

Diariamente estamos celebrando o triunfo na cruz de Cristo, estamos celebrando a vida vitoriosa! É a autoridade que faz a nossa vida ser digna.

Eu, agora, te quero falar de um homem que teve um dos passados mais tristes que eu conheço, Zaqueu.

Lucas 19:1-10 “Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, procurava ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, por ser ele de pequena estatura. Então, correndo adiante, subiu a um sicômoro a fim de vê-lo, porque por ali havia de passar. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa. Ele desceu a toda a pressa e o recebeu com alegria. Todos os que viram isto murmuravam, dizendo que ele se hospedara com homem pecador. Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. Então, Jesus lhe disse: Hoje, houve salvação nesta casa, pois que também este é filho de Abraão…”.

Zaqueu era o maior dos publicanos. Quem eram os publicanos? Eram parte de um órgão do governo de Roma que cobravam os impostos dos judeus. Eles iam com balanças na casa das pessoas e os impostos eram pagos com ouro e prata. Então, o que o publicano fazia? Roubava, se locupletava. Qual era o caráter de Zaqueu? Qual era o caráter desse homem? Não tinha caráter. Ele roubava as pessoas.

O seu caráter, a sua personalidade, as suas emoções, a sua vida social, a sua vida moral, a sua vida espiritual estavam totalmente derrotadas, totalmente fracassadas, totalmente no chão. O que se podia esperar desse homem? Nada! Mas, quando Jesus chega, pode-se esperar tudo!

Zaqueu, quando ouviu que Jesus ia passar, disse: ‘Chegou a minha solução. Não adianta eu estar lutando. Eu tenho dinheiro, tenho casa, tenho filhos, tenho tudo, mas, na realidade, não tenho nada! Eu não posso ir à rua que todo mundo me quer mal…’ O que esse homem podia esperar da vida?

Talvez Deus esteja falando a alguém que está assistindo pela Internet. Talvez tu digas: ‘Mas o que eu posso esperar da vida? Só encontro portas fechadas, não me amam, ninguém gosta de mim, a minha vida espiritual está na mão do diabo, um dia faço um trabalho, no outro dia vou diante de um gongá, no outro tomo banho de abo, deito na esteira, catulo a cabeça, a língua, as costas, os braços, o peito… O que é a minha vida?’

Um dia, Zaqueu ouviu dizer: ‘Jesus vai passar por aí!’ Então ele disse: ‘Olha, agora é tudo ou nada. Eu tenho que ir lá! Chega de viver assim, chega de dar ouvidos a Satanás, chega de viver em derrota! Hoje eu vou vencer, hoje eu digo um basta, hoje eu vou atrás dEle.’

Zaqueu era pequenino, não conseguia ver Jesus no meio da multidão, então, subiu numa árvore para tentar ver o Mestre passar. De repente, pela primeira vez, ele ouvia uma voz que não lhe condenava. Pelo contrário, era uma Voz amiga, que lhe disse: ‘Zaqueu, desce depressa, porque Eu hoje quero ficar na tua casa.’ Quando chegou em casa, Jesus não disse uma só palavra, porém, Zaqueu disse: ‘Jesus, eu queria te dizer uma coisa: o que eu defraudei, vou restituir.’ Jesus disse: ‘Hoje chegou salvação a esta casa. Ele também é filho de Abraão, também é da eleição, também tem direito a autoridade de vida, também tem direito a dizer basta ao fracasso, basta à ignomínia, à vergonha, à perversidade.’ Ele, no fundo, queria ser amado, queria ser aceito, porque era um eleito de Deus, era uma ovelha com atitudes de lobo, mas era uma ovelha.

No momento em que Jesus chegou à sua casa, no momento em que o Mestre entrou e o Espírito Santo começou a trabalhar no seu coração… Irmão, eu te vou dizer uma coisa: quando o Espírito de Deus faz a obra na vida de uma pessoa, não há mais mentira, não há mais sedução, não há mais perversão, não há mais engano, não há mais disse que não disse, não há mais obras da carne, não há mais prostituição, não há mais embriagues… O Evangelho tem essa capacidade!

O que aconteceu na vida de Zaqueu, acontece na minha e na tua vida, também. Hoje chegou a salvação à tua casa. Tu vais dizer: ‘Chega de sofrer, eu pego as rédeas da minha vida nas minhas mãos, vou me levantar com autoridade, chega de Satanás, pois ele está debaixo dos meus pés. Agora eu vou viver! Mas o que a minha esposa vai dizer? O que o meu marido vai dizer? O que a minha família, os meus vizinhos, os meus amigos vão dizer?’ Os teus amigos? Os teus amigos? Amigos tens na igreja, nos Pastores, nas Pastoras, nos irmãozinhos da igreja. Amigos tens naqueles que confessam Jesus Cristo como Senhor, nAquele que é o Amigo dos amigos, Jesus.

Hoje chegou salvação à tua casa!

{ fonte: http://apostolo.org.br/mensagem.asp?id=310 }


 

Anúncios

0 Responses to “Jesus nos deu autoridade”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Alanne Rodrigues "Arenaly", 18 anos. Fui feita para ser parte da família Deus, para vir na sua presença, sob os seu cuidados e providências, numa relação plena de amor e confiança. Sou uma sucessora de Elias e você?

visitantes :

  • 185,021 acessos

Amands Alves, 19 anos. “Nesse mundo cheio de incertezas, encontrei o verdadeiro amor, que me escolheu, que me amou.” “Não vós me escolhesses, eu vos escolhi.” (Jo 15,16.)

@evangelizar_pr

Weissa Vanna, 17 anos "Estou plenamente certo de que aquele que começou uma boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus !'' filipenses 1:6

Thalita Gama, 19 anos. ''Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.'' (Isaías 40:30,31)

Apoio:


%d blogueiros gostam disto: