Compreendendo o namoro biblicamente ²

Alguns princípios orientadores precisam ser seguidos, visando a glória de Deus no namoro:

1. O namoro deve ocorrer apenas no contexto entre pessoas da mesma fé1 Co 7.39; 2 Co 6.14 – 7.1.“A Bíblia ensina com clareza que crentes não devem se colocar em jugo desigual (2 Co 6.14-16). A visão nítida, preto no branco, de 2 Coríntios 6 – justiça ou iniquidade, luz ou trevas, Cristo ou o Maligno, crente ou o incrédulo, Deus ou ídolos – não dá margem a erro!”. “As Escrituras afirmam claramente que um cristão não deve nem considerar um cônjuge incrédulo”.“Ser crente é algo mais que confessar sua fé em Jesus Cristo. É também algo mais que ser membro de uma igreja. Ser crente é um estilo de vida. Na prática, significa que você ama a Jesus e está pronto a depender dEle mais que de seu cônjuge”.Muita dor pode ser evitada quando o crente decide se submeter fielmente a Deus nessa área. Um relacionamento íntimo com um incrédulo implica em deixar a visão bíblica de vida cristã e adotar à cosmovisão do(a) namorado(a), que está completamente distante de Deus e morto espiritualmente em seus pecados (Ef 2.1-3). 

2. O namoro cristão deve ocorrer no contexto de um desenvolvimento da maturidade cristãEf 4.15-16; Cl 3.16. É imprescindível que as duas pessoas que pretendem iniciar um namoro, na direção de um casamento, estejam crescendo na sua fé pessoal com Cristo e juntamente com a igreja, como comunidade. Tanto o texto de Efésios como o de Colossenses que abordam a questão do casamento, a inserem dentro de um contexto de vida espiritual frutífera tanto pessoalmente como em comunidade (ver Ef 5.15-33; Cl 3.12-19).
3. O namoro cristão deve florescer dentro de afinidades cristãs e teológicas Ec 4.12; Mc 3.24, 25. “Cristão” ou“evangélico” se tornaram termos tão gerais, que é necessário conhecer bem a pessoa, antes, de cultivar um relacionamento afetivo, em que se abra o coração ao outro. É muito importante a pessoa avaliar se o outro pensa de modo concorde a respeito de várias questões muito importantes. O que meu pretendente pensa a respeito de Deus, doutrinas da fé cristã (ex. 1 Jo 4.1-3), vida de devoção pessoal e comunitária, vida familiar, situações de conflito, trabalho e amigos, certamente, são muito importantes para se dar um passo na direção de um namoro e casamento.Há dois artigos em português muito úteis, que auxiliam a fazer perguntas acertadas quando um casal tem em mente o namoro e casamento. Um deles é Tópicos para conversação quando um homem e uma mulher estão considerando o casamento, de John Piper (duas perguntas na parte de Marido e Esposa são recomendáveis apenas para noivos) e Devemos nos casar? de David Powlison e John Yenchko.

4. O namoro cristão precisa visar objetivos futuros em comum – Am 3.3. “Unir-se significa andar na mesma direção que seu cônjuge … Duas pessoas muito diferentes podem ter um casamento maravilhoso, mas há alguns aspectos básico sem que o acordo é necessário para que um homem e uma mulher possam se unir um ao outro”. Quando os três pontos acima são avaliados com honestidade e seguidos, então, há uma grande possibilidade de que este último seja observado com sucesso. Todavia, planos como futura profissão ou ministério, estilo de vida, entre outros, precisam ser avaliados com cuidado e ser percebido até que ponto um se adapta ao plano e projeto do outro e está disposto a seguir com o relacionamento nas condições conversadas.

fonte: monergismo.com

@arenally

Anúncios

0 Responses to “Compreendendo o namoro biblicamente ²”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Alanne Rodrigues "Arenaly", 18 anos. Fui feita para ser parte da família Deus, para vir na sua presença, sob os seu cuidados e providências, numa relação plena de amor e confiança. Sou uma sucessora de Elias e você?

visitantes :

  • 166,432 acessos

Amands Alves, 19 anos. “Nesse mundo cheio de incertezas, encontrei o verdadeiro amor, que me escolheu, que me amou.” “Não vós me escolhesses, eu vos escolhi.” (Jo 15,16.)

@evangelizar_pr

Weissa Vanna, 17 anos "Estou plenamente certo de que aquele que começou uma boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus !'' filipenses 1:6

Thalita Gama, 19 anos. ''Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.'' (Isaías 40:30,31)

Apoio:


%d blogueiros gostam disto: