Precisamos ter de Deus, o devido conhecimento.


“Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro.” (Filipenses 1:21)
Vejamos pois, Paulo o apostolo do Evangelho constituído plenamente por Deus na pessoa de Cristo, tinha a mais plena convicção que sua herança era os palácios celestiais. Sabendo disso, porque tinha pleno conhecimento de quem e a quem servia.

Se formos verificar nosso cotidiano pouquíssimos de nossos irmãos tem a certeza de para onde irão ao se findarem os tempos. A nível de estudo poderíamos facilmente elaborar inúmeras questões sobre os motivos desse comportamento.

Iremos nos prender a algumas simples observações:
“O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.” (Oséias 4:6)

A palavra de Deus ja nos retrata o real motivo do nosso padecimento.
“Falta de conhecimento” o que consequentemente resulta em falta de compreensão. E dai como poderemos servir, seguir, ou obedecer a quem não conhecemos? Por exemplo, um cachorro que foi criado por uma determinada pessoa é entregue a um desconhecido para dar-lhes ordens, por não conhecer, é provavelmente que o animal não irá obedecê-lo. Então compreendemos que: conhecer a Deus é fundamental em nosso viver.,pois antes de estabelecer o ministério de Paulo “O Saulo de Tarso” o propósito de Deus na pessoa de Cristo Jesus foi que Paulo conhecesse os desígnios da sua vontade.

“Disse ele: O Deus de nossos pais de antemão te designou para conhecer a sua vontade, ver o Justo, e ouvir a voz da sua boca.” (Atos 22:14)

Como vemos que o propósito de Deus é se revelar a nós, para que assim possamos o adorar de todo nosso entendimento e conhecimento. Se você se pergunta como conseguir o entendimento de Deus, a Bíblia nos mostra a resposta mais simples dessa questão.

“Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e entesourares contigo os meus mandamentos, para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido, e para inclinares o teu coração ao entendimento; sim, se clamares por discernimento, e por entendimento alçares a tua voz; se o buscares como a prata e o procurares como a tesouros escondidos; então entenderás o temor do Senhor, acharás o conhecimento de Deus.”(Provérbios 2: 1-5)

Podemos então partir a outro aspecto de nossa observação: Falta ao povo que se chama pelo nome de Deus, a chamada “Conversão”

Significados de Conversão: transformar, tornar outra coisa, formar algo a partir de um critério. Ora, o convertendo se torna então a mudança de atitudes do tal chamado agora “Cristão”.
“Quando obedeceres à voz do Senhor teu Deus, guardando os seus mandamentos e os seus estatutos, escritos neste livro da lei; quando te converteres ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma […] Se guardares o mandamento que eu hoje te ordeno de amar ao Senhor teu Deus, de andar nos seus caminhos, e de guardar os seus mandamentos, os seus estatutos e os seus preceitos, então viverás, e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que estás entrando para a possuíres.Mas se o teu coração se desviar, e não quiseres ouvir, e fores seduzido para adorares outros deuses, e os servires. Declaro-te hoje que certamente perecerás; não prolongarás os dias na terra para entrar na qual estás passando o Jordão, a fim de a possuíres.” (Deuteronômio 30:10, 16-18)
Que credibilidade podemos encontrar em uma pessoa que se diz ex-alcoólatra, porém continua ingerindo álcool?
Você pode até me dizer que existe sobre você a justificação. Mas, foi nosso pecado que levou Cristo para a crucificação. Aceitar a Cristo não é questão de modinha, aceitar a Cristo é viver segundo a vontade dEle, obedecendo e sendo guiado por Ele.

Sinta-se abençoado e saiba que Deus está sempre de braços abertos para nos purificar e aniquilar nossos pecados. Não volte para Deus apenas para limpar sua mancha pecaminosa, volte para casa do Pai para honrá-lo e adorá-lo de todo coração.

Por: Flávio Rodrigues 

Evangelizar é Preciso 

0 Responses to “Precisamos ter de Deus, o devido conhecimento.”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Alanne Rodrigues "Arenaly", 18 anos. Fui feita para ser parte da família Deus, para vir na sua presença, sob os seu cuidados e providências, numa relação plena de amor e confiança. Sou uma sucessora de Elias e você?

visitantes :

  • 158,839 acessos

Amands Alves, 19 anos. “Nesse mundo cheio de incertezas, encontrei o verdadeiro amor, que me escolheu, que me amou.” “Não vós me escolhesses, eu vos escolhi.” (Jo 15,16.)

@evangelizar_pr

Weissa Vanna, 17 anos "Estou plenamente certo de que aquele que começou uma boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus !'' filipenses 1:6

Thalita Gama, 19 anos. ''Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.'' (Isaías 40:30,31)

Apoio:


%d blogueiros gostam disto: